INFORMATIVO

Soft Skills

 “As pessoas são contratadas pelas suas habilidades técnicas, mas são demitidas pelos seus comportamentos”. 

Essa frase, de Peter Druker, nos mostra que, além de nossas habilidades técnicas, profissionais, nossas habilidades comportamentais também são de extrema importância para a forma como somos enxergados no mundo corporativo. E mais: quando analisamos a frase acima, temos que essas últimas habilidades, as de comportamento, são ainda mais imprescindíveis para, não somente a permanência, mas o sucesso do indivíduo que atua no mercado. 

“Para 93% dos RHs, candidatos com soft skills superam outros com ‘conhecimento técnico’”, conforme afirma pesquisa realizada pelo palestrante e escritor best-saller Andrea Lorio.

“O maior direcionamento das empresas para as contratações refere-se principalmente ao comportamento. O que antes não era importante, agora é o foco principal para o preenchimento das vagas”, afirma Marisa Fernandes, diretora de RH da Manserv. 

“91% dos profissionais são contratados pelo currículo e experiências e são demitidos por problemas comportamentais” (soft skills), segundo estudos da PageGroup. 

Estes são apenas alguns dados sobre a importância das soft skills. E agora que você já entendeu sobre o que se trata, vamos para alguns exemplos das habilidades comportamentais mais buscadas pelas empresas na nova era:

 – Liderança

– Inteligência Emocional

– Comunicação

– Persuasão

– Empatia

– Resiliência

– Criatividade

Nossos comportamentos são o que nos fazem humanos. Não podem ser replicados por robôs ou máquinas. São intrínsecos à nossa natureza, e somente à nossa, e é por isso que são tratados com a relevância que são. 

Mas embora façam parte, como já falamos, da natureza do homem, isso não significa que não podem e devem ser aprimorados, porque na mesma medida em que se elevam aqueles dotados de resiliência, carisma, autoliderança, persuasão, caem os que se apegam somente ao conhecimento prático e experiências e se esquecem de enrijecer as suas condutas. 

Ainda que o tempo avance e junto a ele a automatização, nenhum equipamento tecnológico jamais será capaz de reproduzir, ainda que seja capaz de reproduzir todas as outras coisas, o ser humano, bem como seus pensamentos e comportamentos.

Skip to content